quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

A TRAVE DA MALEDICÊNCIA


O Problema da maledicência é um dos maiores estorvos em qualquer convivência. Quem nunca ouviu frases triviais como essas: “Você viu como fulana engordou?”; “Olha o carrão de sicrano, deve estar vendendo drogas!!”; Ao ver a mulher fazer um elogio a outro homem o marido logo afirma: “só pode ser gay”. Parece que fizemos uma plantação de cicuta no coração, o que cedo ou tarde nos leva a colher veneno, que vai nos matando aos poucos. Em verdade a maledicência sobre os outros chegou a tal ponto que visitando as páginas de alguns contatos no orkut é comum vermos declarações do tipo: “vou cuidar da minha saúde, porque da minha vida já estão cuidando”!!
A palavra é instrumento valioso que mau utilizado vira estilete da impiedade, lamina maledicente, bisturi da revolta. Vejamos na história, temos exemplos de homens com grande habilidade com as palavras, mas que só geraram conflitos. Vejamos Adolf Hitler, falando hipnotizava multidões que se lançaram sobre outras nações, transformando-as em ruínas. O que nos leva a crer que realmente as palavras tem poder, tanto para o bem quanto para o mau, porque é um instrumento, assim como uma enxada, que é admirável quando usada para lavrar o campo, mas que diríamos nós se a víssemos utilizada para atacar aos outros? Diríamos que é abominável, pois da mesma forma, quando usamos das palavras para fazer ataques gratuitos aos nossos semelhantes.
É curioso, como muitas vezes para nos sentirmos melhores, temos que rebaixar as pessoas... agimos como em certa lenda em que um vaga-lume era perseguido por uma cobra. Fugia de todas as formas, mas a cobra insistia na perseguição. Chegando certa hora, o vaga-lume cansou-se da perseguição e questionou a cobra: mas porque você me persegue tanto? No que a cobra respondeu: é porque não suporto ver você brilhar!! A inveja é um dos piores tormentos, principalmente para quem a sente, porque está sempre inquieto, não possui descanso, a menor alegria dos outros o contraria, enfim, é um doente da alma ( o que é muito mais terrível ) e é uma das principais fontes da maledicência.
O hábito da critica desmedida também é um dos piores meios de se ferir. Quando em nome da “verdade”, despejamos o pior de nós, vomitamos em cima das pessoas palavras sem o menor bom senso, criando o efeito semelhante de se jogar água fervendo numa planta. Tudo pela nossa grande franqueza. O engraçado é que somos francos como todo mundo, menos conosco. Observamos falhas e deficiências em todos a nossa volta, menos na pessoa que mais afeta nossa vida: nós mesmos. Jesus certa vez asseverou que importava tirar a trave de nosso olho ao invés de nos ocuparmos com o argueiro do olho vizinho. E com rigor dizia: “hipócrita, como dizes ao teu irmão deixa tirar-me o argueiro do teu olho, enquanto carrega uma trave no teu?” Nosso olhar julgador deve estar em cima é de nosso próprio comportamento, de como estamos conduzindo nossa vida e não como nossos semelhantes conduzem a deles. Estamos aqui para nosso melhoramento, o aperfeiçoamento do espírito imortal que somos e impossível realizar essa tarefa, enquanto não dermos uma olhada profunda em nossa intimidade, perscrutando nossa “sombra”, como diz a psicologia junguiana. “Sombra” essa que projetamos geralmente sobre os outros, em lugar de vê-la em nossas atitudes. Da mesma forma que certa senhora que todo dia olhava pela a janela as roupas da vizinha e dizia: nossa, mas como essa mulher lava mal essas roupas, estão todas sujas! Alguém precisava ensiná-la como fazer!! E assim passaram-se os dias, até que numa manhã ao olhar pela janela, admirou-se. Como estavam limpas as roupas no varal da vizinha, finalmente aprendeu a limpa-las dizia. Foi quando o marido que estava a ler o jornal na sala disse: não é nada disso, eu que limpei as janelas essa manhã!!! Bem humorada essa história que retrata nossa realidade... está na hora de “limparmos” nossa vidraça e parar de “sujarmos” o varal dos outros. Somos apressados em afirmar beltrano é “feio”, jogando a feiúra que escondemos dentro de nós nas costas dos outros, quando poderíamos organizar nosso “quintal” interior. O problema é que dar palpites no “quintal” dos outros é sempre mais fácil... é hora de procurarmos muita coragem para retirar a “trave” que está nos impedindo de vivermos de verdade. Arrancar a “trave” que nos permita ver a vida como ela é, que estamos todos juntos, mas que cada um tem sua jornada particular de aperfeiçoamento para cumprir!!
Que somos imperfeitos, isso somos mesmo e é claro que não estamos impedidos de ver o mal, quando ele existe, até porque ver por todo o lado só o bem impediria o progresso, não haveria a correção do que precisa ser melhorado. Mas o grande problema está quando vemos o mal apenas para diminuir alguém, para denegrir sua imagem perante os outros, por nosso despeito e fraquezas. Se temos que ver esse mal, que comecemos por nós mesmos, nos corrigindo, seguindo sábio conselho de uma mensagem do Espirito José em “O Evangelho segundo o Espiritismo” (Capitulo X, item 16), sede indulgentes para com vosso próximo e severos para consigo mesmo!! Grande abraço a todos e ótima quarta!!!
Diogo Caceres

16 comentários:

Lucí disse...

Ola..

Precisava ler esse post hoje, parece que adivinhou. Realmente as pessoas muitas vezes estão mais interessadas em cuidar da vida alheia e esquecem que enquanto cuidam da vida dos outros esquecem da sua e é bem provavel que alguem esteja cuidando dela..

É aquela velha história, toda vez que vc aponta um dedo para algué, tem 5 te apontando.

Por uma dessa que eu deletei orkut algum tempo, pq sempre gerava historias mal contadas e problemas. Desisti.

Prefiro meu anonimato. Mas eu preciso me calar quando eu sou solicitada, pq toda vez que eu tento ajudar eu ainda saio de errada, pq eu procuro dar minha opinião sincera, tentando mostrar os erros que eu cometi muitas vezes por nao ter ninguem pra me alertar, aff...

Ahh curiosidade humana tbm entra nesse patamar, as vezes tem gente que tem tanta curiosidade sobre tua vida, mas nao quer saber das coisas boas que tu fez, quer saber o que vc errou.. é so ver como os programas de fofoca de celebridades tem audiencia, o que vai acrescentar em nossas vidas saber se fulano traiu, separou?

Esse é um assunto que rende!..

***
Bom, em relação ao que vc me perguntou se eu frequento algum centro? Frequento sim. Desde criança. Quando criança a minha mae em sua ignorancia, frequentava o candomblé, pq tinhamos problemas com a irmã dela minha tia (ficava noites sem dormir, queria matar principalmente a mim, dizia falar so com mortos!) era uma coisa incontrolavel, ai disseram pra minha mae que ela tinha que leva-la a um centro, minha mae encontrou um de candomble... e la foi toda a familia. Minha tia melhorou, mas nao podiamos faltar pq senao voltava tudo, ai a "dona".. faleceu e o centro foi fechado, essa minha tia foi internada em dois hospicios e nada resolveu, foi quando minha mae encontrou outro centro kardecista, novamente la foi toda a familia, eu ia enquanto criança pq era obrigada, nao gostava (mas nao tinha noçao das coisas)..

Quando cresci, enquanto minha mae me obrigava eu ia, depois nao fui mais em lugar algum, abandonei tudo, mas ano passado retornei. Frequento, ao menos tento ir uma vez por semana.

Vc nao tem noçao das coisas que eu vi dentro da minha propria casa.. quando minha mae entrou no candomble, logo ela passou a ser passista, pq ela tinha mediunidade, assim como o meu irmão, no fundo por muitos tempos eu evitei pq tinha medo, hj nao tenho mais medo.

Ahh e essa minha tia, hj é alguem normal, mas tbm nao pode se afastar muito tempo do centro.

Bjoss...

Déia disse...

Oi Anjo..
Mais uma postagem Mega Maravilhosa viu!!
São celebres as diversas frases com relaçao a essa sua postagem no decorrer da humanidade né?

"Atire a primeira pedra aquele que nao possio nenhum pecado"

"Não faça aos outros o que nao qures para tí mesmo".

Porque ves tu, pois o argueiro no olho de teu irmao , e nao vês a trave no teu olho ? (Matheus VII 3-5) consultei o evangelho pra nao errar na frase rs.

Enfim amado , é vivendo e consequentemente aprendendo que eu particularmente procuro ver primeiro a trave do meu olho..
Mais ainda em passos lentos que minha alma caminha diante a evoluçao percebo que á muita coisa a se fazer ainda.

Enfim querido que possamos cada um de nós em seu intímo e reflexão ir se moldando diante de sí mesmo e de sua propria consiencia

Grande beijo.

P.S referente ao SMS .. ainda nao aprendi a dança da chuva querido kkkk beijos de luz

Aline Borba disse...

Que bom que você gostou do meu cantinho... Sempre tem novas surpresas.
Pelo que notei, você é espírita... também sou. :D
Um beijo grande, e volte sempre!

Aline Borba disse...

Eu também estudo a alguns anos. E segundo dizem, se procura a doutrina pelo amor ou pela dor. Eu, felizmente, procurei pelo amor. :D Voltarei sempre tbm. Bjo

FRAN "O Samurai" disse...

Oi amigo Diogo!

Eu que bem sei...

É uma das coisas que mais abomino no ser humano!

Ninguém consegue viver a sua vida sem bisbilhotar a vida alheia! Acho isso ridículo como essas pessoas tem prazer em saber o que fulano tem, o que comprou, o que está fazendo, se vai fazer algo, como, quando e onde.

Eu particularmente não me intrometo na vida de ninguém pois sempre gosto de viver a minha sem a visão de terceiros. Sofro esse tipo de coisa na empresa. Aqui onde eu moro não tenho esse problema (eu acho) porque sempre fui uma pessoa reservada.

Sou reservado para proteger minha família, meus amigos e pessoas que amo em minha vida. Porque fofoqueiros e aproveitadores tem em todo canto, sempre esperando uma informação para sair comentando.

A língua é uma arma que quando usada para maldade. Destrói uma pessoa rapidamente!

"A lâmina fere o corpo, mas a língua fere a alma!"

Mas tudo que a gente fala de negativo sempre voltará para nós mesmo um dia!.

Eu daria um gato de presente para cada pessoa que se preocupa-se em saber da minha vida. Pois ela teria 7 vidas para cuidar! Hehehe!

Boa postagem Diogão! Continue assim e conseguirás muitos seguidores em seu blog!

Abração amigo!

Eliana disse...

Bom Dia, Diogo

Estou num Cyber e passando rapidinho para dar uma olhada em vocês.

Escolhi o seu post para comentar, pois achei excelente para reflexão de todos.

Gosto muito dos seus posts, são excelentes reflexões.

Que Deus os abençoe, com a Sua graça, para que vocês possam prosperar, cada vez mais, nas correções, cada um, que necessitam.

Uma abençoada quinta-feira para vocês todos,

Fiquem com Deus,
Um forte abraço,

obs.: Regressarei quando Deus quiser.

Izinha disse...

Bom dia Diogo,hj vc entrou num assunto muito comum, as pessoas "controlam" a vida dos outros, mas em primeiro lugar deveriam olhar prá dentro de si mesmas antes de criticar ou de sentir inveja...o ensinamento da doutrina nos coloca a visão perfeita e se todos seguissem, certamente o mundo seria bem melhor.

bjos e ótimo dia prá vc!

Déia disse...

Oi Anjo boa tarde sem problemas podemos perfeitamente nos falar por aqui tambem kkkkk
Ah obrigada pelo sms do comer comer kkk , mais acho que crescer nao cresço mais nao anjo!!
Que vc tenha uma tarde iluminadissima

bjs

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Obrigada por sua visita em meu pedacinho de céu...
Gostei muito deste teu espaço... E algo que mais me dói é ver como nos entregamos à maldade... O ser humano parece ter esquecido o caminho do amor... que o amor é o caminho!
beijos e borboleteios

REGGINA MOON disse...

Diogo,

Que grata surpresa vir retribuir a sua visita e ver o seu espaço tão bonito, de bom gosto!Irei passar muito tempo por aqui, muito tenho a ler...Parabéns!!
Beijos...
Reggina Moon

Tatiana disse...

Ei...tudo bem?
Seu texto é fantastico!
Muitos pessoas precisam ler palavras assim... pois nos faz refletir e muito!
Gosto da forma como explora os assuntos.
Não tenho sido assidua pois nessa fase a correria aqui anda grande.
Mas saiba que é um prazer visitar a sua página!

Um grande abraço carinhoso

Tatiana disse...

Eu trabalhei muitos anos como Professora e agora quero me especializar na area de Psicopedagogia. Por isso voltei para faculdade.
Atualmente trabalho no escritório de advocacia da familia, como secretária administrativa.
Por aí dá para vc entender a minha correria né? rsrs

Tatiana disse...

Eu quem agradeço por ser sempre tão atencioso!
Realmente estou estudando por amar muito essa area da Educação e também por acreditar que é a falta dela que deixou nosso mundo como está!

Um beijo carinhoso para vc!
E que nossos laços de amizade se firmem no tempo!

Vivian disse...

...olá Diogo!

que post mais lindo e verdadeiro,
meu querido amigo!

esta tua 'casa' é iluminada,
e graças à Deus nela eu posso
sempre estar.

muahhhhhhh

Multiolhares disse...

A palavra é algo muito forte ,” no principio era o verbo
e o verbo está em Deus” devemos ter muito cuidado com o que falamos pois as palavras não devem ser mandadas ao vento, podem ferir, e julgarmos os nossos semelhantes não devemos de o fazer nunca, pois na verdade nada sabemos ,não somos ninguém para fazermos juízos e na maior parte do tempo errados,
Belo poste
beijos

Vanessa. disse...

Realmente, muitas das vezes, e cada vez mais, actualmente, as pessoas interessam-se mais pela vida alheia e esquecem-se da sua.